Inverno, frio, chuva, como treinar?

Existem roupas especiais para proteger-se do frio e chuva

Mesmo que o Brasil seja um país tropical, com o clima do inverno mais ameno que o da Europa, quando chega está época do ano fica muito difícil sair para treinar. Quanto mais ao sul do país, mais difícil. Faz frio, chove e não temos mais aquele final de tarde com o horário de verão que permitia andar de bike com sol até quase 9 horas da noite.

Para facilitar a nossa vida, existem roupas e equipamentos que nos ajudam a manter o treino mesmo nas piores condições de clima.
Em primeiro lugar temos que usar roupas adequadas para cada situação.
Com o frio chegando, a primeira providência é usar uma camisa chamada de “segunda pele”, por baixo da camisa de ciclismo.
Eu considero esta camisa um dos equipamentos mais importantes, pois geralmente as pessoas usam uma camisa de algodão, que depois de molhada com o suor, fica pesada e quando encosta-se ao corpo é muito fria.  A camisa segunda pele é feita de material que não retém o suor, pode ser de Coolmax (Mauro Ribeiro Sports), ThermoSkin (Curtlo) ou Coolever (Barbedo Sports), o importante é que deixe o corpo sempre seco e aquecido.
Dependendo da intensidade do frio, você pode usar um manguito, que é muito útil quando se sai para pedalar de manhã cedo e o clima pode esquentar, pois fica fácil de tirar.
Em caso de muito frio, em vez da camisa de ciclismo use uma jaquetinha de ciclismo, que possui um tecido mais grosso aquecendo bem e também possui bolsos como na camisa.
As perneiras também são importantes, as melhores são de lycra por fora e possuem o seu interior apeluciado. Também poder ser usadas calças, mas a vantagem da perneira é que você pode usar a sua bermuda e se o clima esquentar dá para tirar somente a perneira da mesma forma que o manguito. Uma boa perneira deve possuir um zíper na parte de baixo para facilitar a colocação ou a retirada até mesmo com a sapatilha.
As capas de chuva devem ser usadas em caso de chuva forte, se parar de chover, retire a capa, pois ela impede que o suor se dissipe pela falta de circulação de ar, deixando o interior muito quente. Uma capa de chuva ou corta vento é fácil de levar junto no treino e deve ser usado quando for descer uma serra.
Você sobe sem a capa e coloca na hora de descer para se proteger do vento frio. Quem não tiver uma capa corta vento pode usar uma folha de jornal no peito que também ajuda a cortar aquele vento gelado.
Luvas de dedos longos e botinhas também são importantes.
Uma botinha de lycra ajuda a proteger um pouco do vento frio, mas em caso de chuva ou muito frio deve ser usada uma botinha de neoprene que cobre toda a sapatilha.
Uma dica interessante em caso de pedalar na chuva é usar um boné de ciclismo embaixo do capacete. Além de manter sua cabeça aquecida, a aba do boné impede que a água da chuva e a que respinga das rodas de outras bikes entrem por trás dos óculos protegendo os olhos e impedindo que os óculos fiquem embaçados. Neste caso use lentes claras.
Agora se ficar mesmo difícil de sair para pedalar, ainda assim existem os rolos para treinamentos.
Existem dois modelos básicos: o que você pedala com a roda dianteira fixa e coloca a roda traseira sobre o rolo ou o rolo de três peças que você coloca a bike sobre ele e pedala como se estivesse na estrada.
A segunda opção exige uma maior habilidade, porém é muito interessante para aumentar o domínio da bicicleta. Vá a uma bike shop e veja as diversas marcas disponíveis.
A Continental também produz um pneu feito exclusivamente para treinar no rolo que não desgasta tão rápido, é o Ultra Sport Hometrainer já disponível no Brasil.
Bons treinos.
Texto: Márcio May – Coluna Ciclismo a Fundo – Revista Bike Action
Esta entrada foi publicada em Matérias e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>