Selim Vazado, com Gel, mais finos ou largos…

Selins

Não existem provas que os selins vazados sejam melhores, ao contrário, podem concentrar a pressão em algumas regiões ao redor do buraco.

Algumas perguntas atormentam a mente dos praticantes do ciclismo: O ciclismo pode causar impotência? E câncer de próstata? Qual é o melhor selim, vazado ou não?

Para alguns médicos o risco de quem pedala sofrer inflamações na uretra, impotência ou câncer na próstata é alto, mas longe de ser um consenso esta polêmica alimenta, sim muitos medos e dúvidas entre os ciclistas.

Algo, porém é certo, a saúde arterial dos ciclistas têm lhes garantido bem menos tendência à impotência em uma idade avançada, o que não se pode dizer de outros que não praticam nosso saudável esporte. O exercício melhora a circulação, melhorando o vigor físico, podendo inclusive melhorar o desempenho sexual.
E até hoje nenhum estudo científico demonstrou uma correlação entre a prática do ciclismo e o aparecimento (ou o agravamento) de tumor na próstata.
Outro problema é a dormência na área genital durante a pedalada que geralmente passa ao fim da pedalada, mas se ocorre de forma crônica pode prolongar-se um pouco mais causando uma insensibilidade mais demorada nesta área, e isso ninguém quer.
Esse problema pode estar relacionado com a posição errada do selim que pode estar muito alto ou com a ponta levantada. Quando um selim está muito velho, sua forma pode ficar alterada deixando a parte central arqueada causando pressão excessiva em alguns pontos e isso também poderá causar dormência, pois diminui a circulação sanguínea.
Alguns estudos avaliam a pressão do períneo no selim. Na pesquisa* encontrada, quatro modelos foram testados: um plano com gel, um plano sem gel e dois selins vazados de diferentes modelos.
Chegou-se a conclusão que em um selim plano o peso do corpo fica uniformemente distribuído, não causando compressão em um ponto especifico.
Já no selim vazado, a pressão fica diminuída na área vazada, porém isso não significa que seja melhor. Ao ter uma área de apoio menor, a pressão fica concentrada em alguns pontos ao redor do vazado o que pode comprometer a circulação em alguns pontos.
Na conclusão da pesquisa o mais indicado foi o selim de gel e plano, sem vazado, pois a área de contato com o selim ficou bem distribuída e o gel ameniza em grande parte o impacto e o atrito contra o selim.
Algumas dicas para evitar problemas:
1.Verifique a largura do selim. O seu peso deverá ser apoiado pelos ossos da bacia e prefira um selim plano, sem protuberâncias.
2. Cuidado com acolchoados muito espessos, sob a pressão dos ossos da bacia eles podem se deformar no meio provocando um aumento de pressão num lugar impróprio.
3. Deixe o selim no nível, ou incline a parte da frente um ou dois graus para baixo para diminuir a pressão no períneo, principalmente se você tem costume de pedalar abaixado.
4. Verifique a altura. Os joelhos devem estar levemente dobrados quando seu pé alcançar a parte mais baixa da pedalada. Isso vai facilitar que suas pernas absorvam melhor os impactos e suportem um pouco do seu peso.
5. Mude sua pedalada alternando entre sentado e de pé, isso aliviará a pressão com o selim, melhorando a circulação.
6. Use as pernas como amortecedores. Apoiando-se nos pés levante-se um pouco do selim, faça isso quando as condições do piso forem muito ruins.
7. Verifique se o tamanho da sua bike é adequado para a sua altura. Passe a perna sobre a bike, com os pés no chão o espaço entre sua virilha e o top tube deve ser de no mínimo três dedos para speed e cinco para montain bikes. Essa margem de segurança previne contra choques no quadro.
8. Evite longas pedaladas ininterruptas, principalmente se você pedala em uma speed ou faz longas viagens com a bike. Uma pausa para apreciar a paisagem pode ajudar.
9. Evite levar o esporte ao extremo. Busque mais a satisfação que a exaustão.
10. Cuidado com a sensação de dormência. Se você tem sentido dormência nos genitais durante a pedalada é um sinal que você está comprimindo os nervos e as artérias. Não pense que isso faz parte do esporte. Procure uma loja especializada para verificar a sua posição sobre a bike.
11. O uso de material adequado é fundamental. Use sempre bermudas com forros e selins adequados evitando aqueles muito duros, preferindo os novos modelos ergonômicos e que apóiam os ossos da bacia na parte mais larga do selim. Os selins de gel também são melhores por diminuírem o impacto.
Texto publicado na Revista Bike Action – Coluna Ciclismo a Fundo – Márcio May
Esta entrada foi publicada em Opinião e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

9 respostas a Selim Vazado, com Gel, mais finos ou largos…

  1. Adauto disse:

    Para alertar o autor e os leitores desse artigo sugiro lerem um outro artigo científico referente ao link abaixo sobre impotência (não é risco, é certeza). A afirmação acima que “nenhum estudo científico demonstrou uma correlação entre a prática do ciclismo e o aparecimento (ou o agravamento) de tumor na próstata” infelizmente pode fazer os ciclistas “baixarem a guarda” em relação à impotência e descobrirem os problemas tarde demais.

    http://www.pedal.com.br/forum/andar-de-bicicleta-pode-causar-impotencia-sexual_topic13035.html

  2. Renato disse:

    Eu pedalo há 3 meses. Pode parecer pouco tempo, mas pedalo diariamente, há uma média de 30 km/dia. Com isso, percebi que não existe que eu conheça outra atividade aeróbica com poder tão forte de emagrecimento, mesmo a corrida não é capaz de superar os benefícios da pedalada pra mim. Conclui também que as vezes ocorre de ficar dormente na parte genital, o que requer mudanças de hábitos como roupa apropriada e selim com gel. É claro que se você fricciona alguma parte do seu corpo com repetições, esta parte tende a ficar dormente. É lógico! No entanto, o que deve ser observado é se esse desconforto se repete toda vez que você pedala. Caso a resposta seja positiva, algo está errado. O seu peso é um fator a considerar. O selim também. A altura do pedal até o selim. O terreno onde você pedala. E o tempo que permanece sentado.

  3. Marco Antonio disse:

    Muito esclarecedora a matéria. Voltei a pedalar com MTB e acabei de comprar uma nova bike (fiz o bike fit, pois por semana são 60km e errar no tamanho tras muitos problemas de saude). Já estava mirando comprar uma Speed pra rodar forte no asfalto, mas vou seguir as recomendações esportistas e médicas para poder praticar este esporte que é sensacional bem como manter a saúde, que aos 38 anos continua em dia e caso perceba alguma alteração não exitarei em buscar ajuda médica.

  4. Aristides Requiao disse:

    Comecei no ciclismo já com 57 anos, estou ha um ano e cinco meses praticando e pedalando uma média de 30 km por dia em uma ciclovia à beira mar. Perdi 08 kg sem fazer nenhuma dieta, meu colesterol e meu triglicerídeos baixaram sem uso de remédio. Pedalar é na verdade o meu vício e a minha mais nova paixão!!
    Recomendo aos adolescentes da terceira idade.

    • mario disse:

      Aristides, gostei da expressão”adolescentes da terceira idade”! Legal! Tenho 64 anos pedalo a um ano e descobri outra “Cachaça” no bom sentido, claro, pois já tinha uma-jogo Tenis há mais de 20 anos,agora tenho que dividir meu tempo com a “magrela”! Fraterno Abço. Mário Graciano.

  5. Roberto disse:

    Pedalei por mais de vinte anos, sempre tomando muito cuidado com relação ao equipamento usado. Hoje estou com sérios problemas na próstata e bolsa escrotal e posso afirmar categoricamete, quem já pedala a muito tempo, pode esperar uma surpresa.

  6. Elias disse:

    Eu abusei muito do uso incorreto da bike na minha adolescência, já pedalei mais 150km em um único dia. Isso me causou certo grau de impotência, nada que atrapalhe, mas tenho medo do futuro. Adoro bike até hoje com meus 30 anos e vou trocar novamente de selim ainda esta semana. Hoje eu não passo de 30km de pedal.
    Não tenho vergonha de falar a respeito e gostaria que outras pessoas dessem seus depoimentos.

  7. alex silva disse:

    e bom sempre ver essas orientações pois as pessoas ao meu redor ñ sabem de nada sobre essas digas ai fica falando varias opções agora esto mais seguro do que devo comprar quem posto esse comentário continue postando pois e muito importante para os que ñ sabem bem como fusiona os selim xau obg pelas digas

  8. Sergio Figueiredo disse:

    Foi a melhor explicação que já recebi sobre o assunto. Gosto de pedalar, tenho 45 anos com tudo em cima e uno o útil ao agradável. Pois pedalo para chegar ao meu emprego e ao mesmo tempo fico em forma. Eu já sigo as dicas mencionadas acima. Inclusive a explicação do ítem 7. A respeito da dúvida de muitos sobre a consequente perda de virilidade eu também tinha, mas foi esclarecida. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>